Como Fazer Maceração/Extração com Óleos Vegetais

São também conhecidos como óleos infundidos, são usados os óleos vegetais como base, introduzindo flores e ervas secas para fazer maceração com óleos.

Para a maceração, as ervas devem estar devidamente secas para que não ocorra nenhum crescimento microbiano nesta etapa.

Você pode começar escolhendo um óleo de boa qualidade, puro e prensado à frio.

Geralmente para os cuidados com a pele são usados os óleos de oliva e girassol, mas você pode usar sua criatividade para experimentar novas ideias.

Há outros tipos de extratos como com glicerina ou álcool onde você pode infundir ervas, frutas e legumes também.

Porém, quando incluímos frutas e legumes com água é necessária uma atenção maior para a conservação desta maceração/extrato.

fazer maceração com óleos

Como Fazer Maceração com Óleos Vegetais

Você pode começar esterilizando algum recipiente para estar colocando as ervas dentro dele. Lembrando de cortar ou picar bem elas para que suas propriedades sejam bem dispersas no óleo.

Em seguida, preencha de óleo até cobrir todas as ervas. Para funcionar melhor a maceração, podemos ativar com um pouco de calor, ou seja, colocar no sol.

Quando colocado no sol, é necessário deixar de 2 a 3 semanas para a retirada correta. Caso não queira esperar tanto tempo, você pode colocar em fogo baixo em banho-maria durante 1 hora.

Lembrando que em banho-maria você deve cuidar para que o seu óleo e ervas não queimem.

Antes de incluir as ervas no óleo, você pode colocar de 0,5 a 1,0% de vitamina E/tocoferol que é antioxidante e ajuda a prolongar a vida do óleo, evitando a rancificação por um período de 6 a 12 meses.

Quando a maceração for feita em exposição solar, você deve sacudir o frasco todos os dias para que as substâncias químicas da planta sejam passadas para o óleo.

Assim obtém suas propriedades com mais facilidade, eficácia e potência.

Após o período de maceração, você deverá coar esse óleo com um funil e coador para um recipiente esterilizado, de preferência escuro e com pouca entrada de ar.

Você vai notar uma nova coloração nesse óleo. Certifique-se de etiquetar escrevendo os ingredientes contidos nele, é recomendável manter longe da exposição solar, umidade e calor.

Diferença entre Óleos Essenciais x Óleos Macerados

Vale o questionamento quando nos referimos ao uso de óleos essenciais ao invés de óleos vegetais macerados.

Afinal, óleos essenciais são mais concentrados e possuem as propriedades das ervas, bem como os óleos macerados, também é mais fácil seu uso.

Porém, nem todos são destilados, apenas as moléculas menores que usam esse método e mesmo assim, não é captada a essência da planta por completo.

Já quando usamos os óleos macerados, conseguimos moléculas maiores e pesadas. Dessa forma, estaremos mais próximo de acessar toda a propriedade que a planta tem a nos oferecer.

Você pode usar ervas para infundir nos óleos quando você desejar um óleo essencial específico que seja muito caro.

Ou então, quando você formular um creme específico de lavanda por exemplo, pode usar tanto o óleo macerado quanto óleos essenciais simultaneamente.

fazer maceração com óleos (3)

Como Escolher o Óleo Certo?

Você pode usar em seus produtos de beleza de 5-10% de óleo macerado nas formulações como um botânico ativo ou você pode substituir por um óleo base em maior quantidade na formulação.

Ervas como camomila, calêndula, raiz de cenoura, erva de São João são tipicamente usadas para maceração devido as suas propriedades maravilhosas.

Porém você pode inovar e conhecer outras ervas ou até fazer um mix delas.

Assim como os óleos vegetais, os mais comuns de maceração e melhores para pele são:

  • Óleo de Girassol
  • Óleo de Oliva
  • Óleo de Soja
  • Óleo de Amêndoa
  • Óleo de Jojoba
  • Óleo de Farelo de Arroz
  • Óleo de Semente de Baobá
  • Óleo de Semente de Macadâmia
  • Óleo de Mamona/Rícino

Além desses, para escolher um óleo nas suas macerações você deve ficar atento para alguns fatores.

7 Fatores Como:

  1. A Estabilidade Térmica: Em caso de usar esse óleo macerado para fazer formulações em banho-maria, você deve escolher um óleo que tenha uma boa estabilidade térmica para não oxidar no calor.
  2. A Cor: A cor final de uma maceração pode não ficar muito agradável aos olhos, como quando você usa um óleo de abacate (verde) como base para infundir a calêndula (amarelo) nele, ou seja, essa combinação de cores pode afetar na sua produção não agradando muito na coloração.
  3. O Cheiro: A mistura de cheiros, assim como a cor, pode afetar o resultado final. Fazer infusões com cravo e baunilha por exemplo, tem um cheiro marcante, o ideal é que sejam usados óleos mais neutros para que não haja atrito entre os cheiros.
  4. A Vida Útil: Observar a validade de um óleo antes de fazer a maceração é grande importância para que não ocorra desperdício.
  5. Disponibilidade: A disponibilidade do óleo e o preço são fatores a contar também na hora da escolha. Alguns óleos são mais caros, porém geralmente tem o tempo de vida mais curto, vale uma atenção maior.
  6. Insaponificável: Os óleos insaponificáveis (que não formam sabões) são uma boa escolha nas formulações, visto que, além de melhorar as propriedades terapêuticas das ervas trazem benefícios dermatológicos.
  7. Viscosidade: Um óleo muito pegajoso pode não ser uma boa opção na hora da maceração, pode dificultar o manuseio e a filtração, como por exemplo o óleo de gérmen de trigo.

Gostou das dicas? Comente com a gente o que achou!

E-book GRÁTIS: Guia da Alquimia na Cosmetologia Natural

11 Comentários

  1. Luís Fernando

    Excelente postagem, simples pequena e rica em informação !
    Obrigado, tirou a maioria das minhas dúvidas.

  2. ROSANA SANTOS

    Não consigo baixar o e-book.

  3. Maria Silva

    Estava precisando dessa informação. Queria saber se posso fazer um óleo de arros negro usando rosa mosqueta para extrair o oleo de arros. Se sim, devo colocar no calor do sol ou em banho maria agradeço muito se me responder . Tenho também o babaçu a castanha do Pará buriti e palma . Posso usar qualquer desses ?

    • Olá, Maria! Pode fazer sim, você pode colocar no sol só tome cuidado para não acontecer mudanças drásticas de temperatura (noite e dia), pode usar qualquer óleo.💚

      • Maria Silva

        Mito obrigada não imaginava q fossem responder tão rápido. Parabéns

  4. Meiry Nakahara

    Boa noite! Muito bom o post! Eu posso utilizar o óleo de semente de uva também para a maceração? Gratidão!

    • Olá! Sim, você pode usar o semente de uva. Mas seria bom colocar vitamina E para durar mais tempo. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *