Entendendo a Diferença Entre Cosméticos Naturais, Orgânicos e Veganos!

Os veteranos neste assunto já sabem que no Brasil ainda não existe lei para determinar o que é um cosmético natural, orgânico e vegano.

Por isso, devemos dar uma atenção maior para não cair nos famosos Green Washing (lavagem verde ou pintado de verde).

Essa nomenclatura se refere à propagandas enganosas em que a maioria dessas empresas se intitulam como ecologicamente corretas usando de artifícios como cores verdes, desenhos associados a natureza, frases como 100% natural e sem nenhuma comprovação de que realmente são naturais, orgânicos, veganos ou ecológicos!

Uma forma de checar a veracidade dos produtos que você usa é começando a dar atenção às composições nos rótulos dos cosméticos.

natural orgânico e vegano 2

Mas como Saber a Diferença Entre um Cosmético Natural, Orgânico e Vegano?

Estes cosméticos podem ser rastreados através de órgãos particulares com quem podemos contar a nosso favor como: EcoCert e IBD.

Esses órgãos esclarecem o que pode e não pode conter nas composições para serem consideradas naturais, orgânicas e veganas.

Cosméticos Naturais:

Estas certificadoras determinaram que para os cosméticos serem naturais precisam ter 95% de ingredientes naturais e 5% de ingredientes orgânicos.

Ou seja, para ser considerado um produto natural não deve haver composições sintéticos como somos acostumados a encontrar nos cosméticos convencionais:

  • alumínio;
  • chumbo;
  • sulfato;
  • derivado de petróleo;
  • parabenos;
  • silicone entre outros…

Cosméticos Orgânicos:

Segundo as certificadoras, para ser considerado orgânico é necessário conter ao menos 95% de matéria-prima orgânica e o restante de no máximo 5% de matéria-prima natural.

No qual deve ser livre de agrotóxicos, ecológico e sustentável.

Obs: A Palavra “orgânico” possui o significado de: vida, organismo, biologia.

Porém, na alimentação e cosméticos saudáveis, foi utilizado o termo “orgânico” para determinar que o produto não contém agrotóxicos ou substâncias tóxicas.

Por exemplo: Argilas, são consideradas substâncias naturais apenas, pelo fato de não serem organismos vivos e sim uma substância natural, mineral.

Cosméticos Veganos:

Cosméticos veganos ficam longe de conter qualquer ingrediente de origem animal como: mel e cera de abelha, carmim, lanolina.

Também são cosméticos que são Cruelty-free, que significa que o cosmético não foi testado em animais. Então, fique alerta!

Cosméticos veganos não necessariamente possuem uma composição natural ou orgânica.

Portanto, é sempre bom se verificar todas as composições nos rótulos e buscar sempre por cosméticos certificados, assim podemos usufruir com mais segurança os ingredientes compatíveis com nosso organismo.

natural orgânico e vegano 3

Conclusão

Hoje existem muitas marcas nacionais e internacionais de produto natural, orgânico e vegano que são certificados.

Aqui no Brasil ainda é falho em relação a órgãos regularizadores dos cosméticos naturais, mas muitas pessoas já estão criando a consciência e buscando mais informações de como tudo isso funciona, aos poucos conseguimos ajudar uns aos outros e sair desta ignorância no entendimento do que é saudável ou não para nós.

Gostou deste conteúdo? Comente aqui embaixo e compartilhe com seus amigos!

E-book GRÁTIS: Guia da Alquimia na Cosmetologia Natural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *