Qual a Hora de Jogar Fora um Cosmético?

É, eu sei que dá uma dor no coração só de pensar em jogar fora um cosmético, ainda mais feito por você…

Mas é um mal necessário, uma vez que esse produto seja antigo ou tenha uma aparência meio estranha.

Isso também vale para os ingredientes comprados para formular seus produtos, sim!


Se você tem um pequeno estoque como eu, certamente já se deparou com algum ingrediente que estava mais escondido no armário e nem lembrava dele ou algum óleo que quase não usou e ficou rançoso…

Acontece! E de vez em quando é importante fazer uma limpeza desses produtos do seu armário, seja um cosmético já feito ou ingredientes desses cosméticos para formular.

Listamos 4 fatores a serem considerados para o lixo:

  1. Produtos estragados
  2. Embalagens usadas que não podem ser limpas
  3. Produtos sem identificação
  4. Ingredientes vencidos/estragados


A Hora de Jogar Fora

Vamos começar falando do Número 1:

Esse pode ser o mais complicado, pois são produtos criados por você que, muitas vezes, nem apresenta fungos ou mofo, mas apresenta um cheiro duvidoso e o tempo também conta…

Por isso é importante você criar essas formulações, seja em pouca quantidade, para que você consiga utilizar no tempo ideal e não haver desperdícios.

Fazer receitas DIY (faça você mesma) enche muito rápido seus armários e gavetas com produtos prontos e, muitas vezes, você não consegue usar tudo no tempo ideal.

Caso você formule uma receita que nem gostou tanto assim, ao invés de guardar no armário dê para alguém de presente que saiba que vai gostar!

E, se a receita deu totalmente errada, já coloque no lixo! Tentar salvar não vai ser a solução…

Apenas anote o que você usou e o que pode ter errado, para que na próxima não aconteça a mesma coisa.

E veja quais ingredientes e receitas você mais gosta de fazer, isso ajuda a poupar outros ingredientes e desperdiçar compras que vão para o lixo.

Número 2:

Às vezes nos apegamos a certas embalagens e colocamos etiquetas, tiramos, colocamos outra em cima e, no fim, fica aquela gambiarra de restos grudados de etiquetas.

Algumas embalagens conseguimos reutilizar, porém outras, como bombas, são mais difíceis de limpar… Ainda mais em laboratório caseiro!

Se você observar alguma marca de rachadura, arranhão ou cantos que podem vir acumular bactérias, descarte essa embalagem!

Tudo Sobre Conservantes nos Cosméticos Naturais

50 Tons Naturais na Cosmetologia Natural

Como Usar o Ácido Hialurônico na Cosmética Natural?


Número 3:

Muitas vezes queremos nos bancar a espertinha fazendo um produto, envasa na embalagem e pensa: ah isso é tal coisa, não precisa de etiqueta, vou lembrar!…

Depois de um tempo, cria mais produtos, às vezes com embalagens parecidas, e pensa: e agora? Acho que é tal coisa, mas não lembro se é o do pé ou rosto! (risos)

Já fiz muito isso e quer uma dica? NÃO FAÇA ISSO! Nosso cérebro não é tão bom quanto pensamos…

Coloque etiquetas e anote tudinho.

Número 4:

Esse fator muitas vezes envolve ingredientes que nem foram utilizados e pode causar uma certa raiva pelo custo e desperdício…

Isso ocorre com mais frequência em óleos e manteigas devido a validade ser maior e, portanto, compramos em maior quantidade.

A rancificação ocorre quando os óleos oxidam (deixam um cheiro desagradável), diferente da deterioração microbiana, como mofo e fungos.

Essa característica nos óleos e manteigas podem ser usadas para formular sabonetes, porém isso não garante que o cheiro possa sumir.

E tem mais, não aconselho, em hipótese nenhuma, a venda deste sabonete!

Já pensou você vender um sabonete com óleos rançosos que podem prejudicar alguém que tenha um sistema imune fraco? Seria terrível!

Seria como comparar retirar o mofinho do queijo e comer o resto…

Procure não fazer isso nos cosméticos, ok?



Conclusão

Procure fazer pequenas quantidades de receitas para não deixar seus armários lotados de produtos que você mal usa.

Ao mesmo tempo, procure criar produtos que saiba que vai utilizar no dia a dia.

Comprar quantidades menores dos ingredientes também ajudam a evitar desperdício de dinheiro e produtos.

Veja quais produtos você formula mais e compre destes ingredientes. Aqui por exemplo, costumo usar mais loções, sabonetes, formulações de limpeza…

Se você quer evitar desperdícios de embalagens, procure por fazer receitas que não usem bombas ou embalagens pontudas/quadradas.

E, caso encontre um produto sem etiquetas, é melhor ficar longe. Até porque você não tem ideia de data, se é seguro ou o que tem dentro.

Isso com certeza te motivará para que as próximas receitas você rotule e não jogue fora!

E-book GRÁTIS: Guia da Alquimia na Cosmetologia Natural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *