Emulsificantes na Cosmetologia Natural

Se você está começando na cosmetologia natural, a palavra emulsificante parece um bicho de 7 cabeças, mas iremos esclarecer algumas dúvidas sobre eles…

Os emulsificantes nada mais são que um ingrediente para fazer a união do óleo em água ou vice-versa.

Eles ajudam a deixar o cosmético homogêneo, seja pelo processo quente ou frio.

Explicamos melhor isso em nosso e-book gratuito capa vermelha, já baixou? Clique Aqui.


As emulsões de água em óleo, tendem a ser emulsões mais grossas e oleosas.

Já as emulsões de óleo em água, são as emulsões mais líquidas como as de cremes e loções que já estamos acostumados no mercado convencional.

Emulsificantes na Cosmetologia Natural

Mas e qual dos dois devo usar nas minhas formulações?

Isso vai depender do seu gosto e qual a finalidade da sua formulação, simples assim.

Hoje, existe no mercado emulsificantes naturais e sintéticos.

No Brasil, ainda temos dificuldade na compra de algumas matérias-primas, na falta do natural recorremos ao sintético, infelizmente…

E isso faz da sua cosmetologia não ser 100% natural (como muitos dizem por aí), porém ainda sim sua formulação pode conter ingredientes naturais.

E para obter emulsificantes naturais, vamos deixar exemplos de alguns por aqui:

  • Olivem 900
  • Olivem 1000
  • Montanov 68
  • Xyliance
  • Lecitina

Como falamos anteriormente, existem as emulsões quentes e frias.

A maioria dos emulsificantes usados são de processo quente e tem mais facilidade em deixar as emulsões estáveis.

Porém, quando trabalhamos com emulsificantes quentes usamos para derreter as ceras e manteigas, mas também ajuda na degradação dos óleos.

Já na emulsão à frio, você não precisa aquecer e pode usar ingredientes mais sensíveis ao calor como: hidrolatos, óleos vegetais mais caros, extratos, entre outros.

E o melhor do processo à frio é que também é possível aquecer.

Então se quiser acrescentar ceras e manteigas, será possível.

emulsificantes na cosmetologia natural


Emulsificantes x Solubilizantes

Há uma pequena grande diferença entre os emulsificantes e solubilizantes que muitos se confundem na hora da formulação.

Os emulsificantes não são solúveis em água, são usados em moléculas maiores, ou seja em óleos, manteigas, ceras.

Eles possuem cerca de 15 a 30% de concentração na fase oleosa. Já os solubilizantes 0,1 a 2,0% de concentração oleosa.

Já um solubilizante, é utilizado para dispersar pequenas moléculas na formulação toda, como óleos essenciais, extratos, conservantes lipofílicos.

O não uso de um solubilizante pode deixar uma parte do óleo essencial sem estar completamente misturada e diluída na formulação toda, ou seja, não uniforme.

Assim como o conservante também, além da aparência não ser muito agradável aos olhos podendo conter gotas de óleo na superfície do seu creme.

Conclusão

É realmente mágico quando conseguimos fazer uma emulsão, ainda mais se ela estiver completamente estável.

Quando aprendemos a diferença entre uma coisa e outra, entendemos o processo e passo a passo para realizar nossas formulações com êxito.

Assim como mostramos aqui a diferença entre um solubilizante e emulsificante, um é solúvel em água e outro em óleo.

Gostou deste conteúdo? Comente aqui seus desafios com os emulsificantes nas formulações.

E-book GRÁTIS: Guia da Alquimia na Cosmetologia Natural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *